Publicado em: 30/11/2020

As vendas online na Black Friday de 2020 passaram de 5,1 bilhões, 31% a mais do que o mesmo período do ano passado, segundo o levantamento da Neotrust/Compre&Confie. Os dados consideram todas das vendas de bens de consumo realizadas em todo o País nos dias 26 e 27 de novembro.

“O volume de vendas na Black Friday em 2020 foi um marco para história do e-commerce brasileiro, tornando-se a data com maior volume de venda já registrado no País em todos os tempos. Em alguns períodos do dia, foram mais de 5 mil pedidos por minuto”, destaca André Dias, fundador da Neotrust/Compre&Confie.


Os brasileiros também fizeram pedidos de maior valor. Ainda segundo o levantamento, o tíquete médio neste ano foi 5,1% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.


As categorias que geraram maior volume de compras no período foram: Moda e Acessórios, Beleza, Perfumaria e Saúde, Artigos para Casa, Entretenimento e Eletrodomésticos e Ventilação.

“Os principais estímulos para aumento das vendas da Black Friday 2020 podem ser atribuídos à entrada de novos consumidores online, à digitalização de lojas físicas e ao aumento do consumo de bens não duráveis. O consumidor comprou de tudo na data este ano, desde um novo smartphone até bebidas e produtos de beleza”, analisa o executivo.



as vendas em varejo refletiram um desempenho de declínio de 25,5% nas vendas, ainda afetado pela pandemia de Covid-19.

"A pandemia fez os consumidores terem um comportamento diferente. As compras ficaram diluídas e o comércio eletrônico soube aproveitar o momento e fisgá-los com descontos, oportunidades e atratividades", afirmou Julia Avila, líder de Ebit|Nielsen.


Orçamento via Whatsapp

Compartilhe :)

Conteúdos que você pode ter interesse

Ver mais

Falar agora pelo whatsapp