Publicado em: 28/10/2019

A necessidade de adentrar ao mundo digital existe em muitas empresas, independente do ramo em que atuem ou público a ser atingido. Inclusive, atualmente, notou-se a inserção de muitas marcas principalmente em redes sociais, como Facebook e Instagram.
Embora tais sites sejam úteis para a divulgação, por si só, eles não são capazes de fornecer todas as informações necessárias ao cliente, além de não serem um meio “exclusivo” de navegação.
Por este e outro motivos, é imprescindível que marcas desenvolvam seus próprios sites, e assim, ofereçam seus serviços de forma simplificada e completa aos clientes.
Mas, como a criação de um site deve ser feita? Muitas empresas têm procurado criar sites gratuitos para “facilitar” e minimizar custos. Porém, isso pode ter um impacto extremamente negativo em seus negócios.
A seguir, saiba porque não se deve criar um site gratuito!

1º) Qualquer um faz
Quando se fala que “qualquer um faz”, referimo-nos a blogs (como o blogspot), sites como o Wix e outras ferramentas para a criação de página online.
Você provavelmente já deve ter se deparado com algum destes sites, em algum momento, e facilmente percebeu que se trata de uma ferramenta simples, em que a página pode ser criada em instantes (e por leigos no assunto).
Será que algo comum e simples irá impactar a sua marca e seus negócios? Obviamente, não.

2º) Falta de identidade
O desenvolvimento de um site (“verdadeiro”) exige trabalho em equipe, com programadores, designers, redatores e outros. Tudo isso não é necessário na criação dos sites gratuitos.
Embora a hipótese de economizar pareça ser viável, sua marca/empresa não terá a própria cara se não tiver um site desenvolvido com exclusividade.
Além da personalização, as ferramentas disponíveis na página poderão ser gerenciadas, temas podem variar conforme a estratégia do momento (como em datas comemorativas e promoções), e muito mais.
Portanto, se você deseja que seu site seja exclusivo e a cara do seu público, invista no desenvolvimento.

3º) Baixa credibilidade
Embora todos os sites pareçam ser “iguais”, isso não é verdade. Um site gratuito difere em muito de um original, e para facilitar o entendimento, será dado um exemplo.
Imagine que você deseja comprar um casaco de lã. Ao pesquisar em ferramentas de busca, se depara com duas lojas. A primeira possui um site próprio, com possibilidade de pagamento no cartão, parcelamento, e muitos outros recursos.
Já em outro site “gratuito”, embora o casaco esteja sendo vendido a um valor menor, a identidade visual não foi planejada, você precisa realizar o pagamento através de depósito (pois não há ferramenta disponível para gerar boleto ou pagar com cartão), dentre outras dificuldades.
E aí, qual dos dois você escolheria? Não tenho dúvidas que seria o primeiro!

4º) Pouco destaque
A principal maneira de ser “visto” atualmente, é desenvolvendo estratégias de rankeamento no Google. Muitos dos sites gratuitos não conseguem se posicionar nas primeiras páginas de busca, o que também interfere de maneira negativa em seu negócio.
Acreditamos que você não queira este nenhum dos outros “problemas” afetando o crescimento e a visibilidade da sua marca, certo? Para isso, a Web Thomaz poderá te auxiliar no desenvolvimento de um site personalizado, através de uma equipe formada por profissionais competentes e altamente especializados!

Se você quer saber como estamos ajudando as empresas a venderem mais todos os dias pela internet, fale com nossa equipe agora mesmo :)

Site gratuito funciona?