Publicado em: 26/06/2020

Estimava-se que o investimento em publicidade crescesse 7,1% em 2020 no mundo todo, isso tudo antes da pandemia do COVIDA-19. 

Agora, estima-se que haja uma redução brutal de 8,1% - o que equivale a quase US $ 50 bilhões – tudo isso é o resultado da mudança do comportamento do consumidor nesse isolamento. A perda total de investimento se torna desesperador ao levar em consideração as previsões de crescimento pré-pandêmicos. 

Os gráficos com dados do World Advertising Research Center (WARC) dá para visualizar o declínio estimado nos gastos com publicidade por formato de mídia e setor. 

Muitas categorias tradicionais de mídia viram grandes quedas devido à pandemia.


  Fonte: Visual Capitalist


À medida que os anunciantes se adaptam ao aumento do consumo de mídia doméstica, a briga entre anúncios entre a mídia on-line e a tradicional parece ter um vencedor decisivo. 


A morte da mídia tradicional 

Especialista já previam a morte dos formatos tradicionais de mídia, parece que com a pandemia do COVID-19 poderá ser o decreto do fim. 

De fato, os gastos em todos os tipos de formato de mídia tradicional sofrerão um caimento em 2020, enquanto a maioria dos formatos de mídia on-line deverá aumentar os gastos. 

Com os consumidores ficando mais tempo em casa, as marcas estão determinando mais dinheiro em determinados formatos de mídia. No entanto, quando se trata de formatos tradicionais domésticos, como a TV, os consumidores estão optando por serviços de streaming. Na verdade, eles estão transmitindo o dobro de vídeo on-line em serviços como a Netflix, comparado ao ano passado. 


Estimativas de gastos, por categoria 

Quase todo setor verá gastos reduzidos. A única categoria que reverterá a tendência é telecomunicações e serviços públicos, que terá um aumento de 4,3% nos gastos com anúncios ao longo do ano. 

As restrições de ficar em casa aumentaram  a dependência dos consumidores nos serviços digitais, para permanecerem conectados com os parentes queridos e trabalharem em casa. 

Além disso, a pandemia provou ser um ponto de virada para o setor de telecomunicações, pois é evidenciada a importância de velocidades mais rápidas da Internet. 


O caminho para a recuperação 

Quando a inflação e as taxas de câmbio são levadas em consideração, espera-se que o declínio nos gastos com publicidade seja pior do que o observado durante a crise financeira global. 

Dados mostram que o crescimento dos gastos com publicidade não cresceu muito nos oitos anos anteriores, portanto, uma recuperação rápida pode ser bastante improvável e retornar as taxas de crescimento pré-pandemia pode não ser possível por alguns anos. 


O cenário de publicidade em mudança 

À medida que os anunciantes aceitam sua nova realidade, eles são confrontados com a incerteza de mudar o comportamento do consumidor e o potencial para uma segunda onda de pandemia, reforçando as restrições de quarentena mais uma vez. 

O COVID-19 poderia estar acelerando inevitável mudança para o digital ou a o declínio da mídia tradicional é apenas temporário?


Orçamento via Whatsapp