Publicado em: 08/05/2020

Em média, uma loja virtual é aberta a cada minuto desde que começou o isolamento social. 

Em pouco mais de dois meses, foram criadas 107 mil novas lojas virtuais, dos mais diferentes produtos, como alimentos, bebidas, roupas, calçados, acessórios e produtos de limpeza. 

Já que algumas cidades adotaram o regime de isolamento, fechando as portas do comércio,  a criação de loja virtual foi o caminho encontrado por muitas empresas para amenizar a queda de faturamento por causa da pandemia.

|E-commerce cresce em tempos de pandemia

“Com o fechamento do comércio, em março, quem nunca tinha pensado em comércio virtual teve de começar a desenvolver ferramentas para faturar alguma coisa” destaca Tranquez, vice-presidente de Dirigentes Lojistas da região de Bom Retiro em São Paulo. 

Antes da quarentena, a média de abertura de lojas virtuais no Brasil era de 10 mil por mês. 

“Esse é o legado positivo de toda situação negativa que estamos vivendo”, diz o presidente da Abcomm.

Setores que lideram o ranking de novas lojas virtuais foram o de roupas, calçados, alimentos e serviços. 

Com o isolamento, 2 milhões de novos consumidores chegaram a Internet, o que elevou em 40% as vendas online nesse semestre. 

Fica claro que o modelo digital de compras dá resultados e veio para ficar


E o seu negócio vai ficar fora desse setor?

Consulte nosso serviço de E-commerce, e não saia perdendo!

E-commerce

Orçamento via Whatsapp

Compartilhe :)

Conteúdos que você pode ter interesse

Ver mais

Falar agora pelo whatsapp